Últimas Resenhas

22 de março de 2017

Receita Pacake - Paqueca americana

Receita Pacake - Paqueca americana

Hoje não vim falar de livros, rs, vim falar de comida que é tão bom quanto ou até melhor, rs, depende da minha fome no momento rs.

A alguns dias eu tive uma Cooking Class, na aula do meu curso de inglês, e nós fizemos um Brunch, que é um café da manhã americano mais reforçado, normalmente eles nem almoçam depois dele, mas também pudera, é composto de bancon, ovos mexidos e panquecas, podendo variar um pouco.

Receita Pacake - Paqueca americana

Foi uma aula super gostosa, pois nós cozinhamos e depois comemos aquelas maravilhas. Eu fiquei apaixonada pela panqueca, nunca tinha comido, ela é maravilhosa. 

Postei uma foto no Instagram e fez o maior sucesso, por isso trouxe para você a receita da panqueca americana, é super fácil e rápida de fazer, e deliciosa de comer.

Receita Pacake - Paqueca americana
Pancakes

Ingredients

  • 2 cups all-purpose flour
  • 1 tablespoon yeast
  • 1 teaspoon salt
  • 1 cup whithe sugar
  • 1 1/4 cups milk
  • 1 egg
  • 1 cup oil
Directions

1 - In a large bowl, mix together the flour, yeast, salt and sugar. Make a whole in the center and pour in the milk, egg and oil. Mix until smooth.

2 - Heat a lightly oiled griddle or flying pan over medium to heat. Pour or scoop the mix onto the frying pan, using approximately 1/4 cup for each pancake. Brown on both sides and serve hot.


Receita Pacake - Paqueca americanaPanquecas


Ingredientes

  • 2 xícaras de farinha de trigo 
  • 1 colher de sopa de fermento 
  • 1 colher de chá de sal 
  • 1 xícara de açúcar 
  • 1 e 1/4 xícaras de leite 
  • 1 ovo 
  • 1 xícara de óleo 
Instruções

1 - Em uma tigela grande, misture a farinha, fermento, sal e açúcar. Faça um buraco no centro e despeje o leite, ovo e óleo. Misture até ficar homogêneo. 

2 - Aquecer uma frigideira ligeiramente oleada (se for teflon não gruda) no fogo médio. Despeje a mistura sobre a frigideira, usando aproximadamente 1/4 de xícara para cada panqueca (medi com uma concha, era uma frigideira média). Deixe ficar marrom em ambos os lados e servir quente (fria também é gostosa).

Receita Pacake - Paqueca americana

Viu como é fácil? eu já fiz de novo para o meu namorado e ele também super aprovou. Da para colocar chocolate em pó nela, o que também fica uma delícia, eu também coloquei pedaços de chocolate, ele fica derretido, acho que se comer quentinho com sorvete e morango deve ficar a perfeição, rs.

Eu fiz uma receita, depois separei metade e acrescentei o chocolate em pó e os pedaços de chocolate. Uma receita rende mais ou menos 10 unidades de pancakes.

Receita Pacake - Paqueca americana

Bom sobre o bacon é super simples, só fatiar e fritar no próprio óleo dele. E os ovos mexidos a única coisa de diferente é que eles colocam um pouquinho de leite, fica bom e deixa mais cremoso, você pode usar também creem cheese, ricota, e outros ingredientes que sua imaginação permitir.

Espero que tenha gostado da receita, se você fizer me conta aqui como ficou e o que achou, se já comeu me conte sua experiência. Seu recadinho é muito importante. Vou testar outras receitas e volto para contar para você. Ah, se você ainda não segue o blog ficarei muito feliz se você passar a segui-lo, assim sempre ficara sabendo das novidades.

Beijos Nane

20 de março de 2017

De frente com a Nane: Autora Jessica Ribeiro


Eu como leitora voraz sempre fico curiosa com algumas coisas em relação aos autores dos livros que leio, por isso abri esse espaço, para que eles possam nos contar um pouquinho mais sobre seus livros, seus sonhos, seus planos...

Hoje quem está de frente com a Nane é a autora Jessica Ribeiro, já tem um livro publicado, escreve desde os 12 anos, veio contar um pouquinho da sua trajetória pra gente. Seja bem vida ao Blog Livros da Nane, e desde já agradeço por responder a minhas curiosidades e espero que a de meus leitores também. rs.

1. Oi Jessica tudo bem? Para começar, conta pra gente quem é Jessica Ribeiro?

Olá! Eu estou ótima! Bom, eu sou uma jovem adolescente que está saindo do Ensino Médio, amo letras, amo palavras, amo ler e acima de tudo amo escrever, porém a Jéssica também tem uma queda pela área de exatas; mols, equaçõezinhas, regra de três e átomos são apaixonantes também, não é mesmo? Química e livros resumem bem quem eu sou!

2. Quando começou a escrever? E o que te fez perceber que amava as palavras?

Comecei a escrever com 12 anos; foi quando escrevi meu primeiro poema numa aula de Língua Portuguesa no Ensino Fundamental e a professora adorou e me deu a nota 9 e disse que ia colocar junto com outros poemas pra participar de um concurso. Alguns meses depois, esse poema que escrevi ganhou o primeiro lugar na categoria juvenil e foi publicado numa antologia; aí que percebi que eu poderia escrever muito mais do que poemas.

3. Eu sou uma devoradora de livros, rs. Você é uma leitora voraz também? Quais seus gêneros favoritos? E autores que te inspiram?

Amo ler, se conseguisse mais tempo na minha vida corrida, com certeza leria muito mais do que dois livros por mês. Amo fantasia e distopia são meus gêneros favoritos, mas vez ou outra dou uma escapada pro romance ou drama. Minha autora favorita é, e sempre vai ser Meg Cabot; amo a escrita dela e suas histórias!

4. Eu sei como é chata essa pergunta, você trabalha? Até parece que escrever não é trabalho. Rs. Por isso a minha curiosidade é: além de trabalhar como escritora você tem outra profissão? Trabalha em alguma outra área?

Sou estudante ainda, porém não quero viver escrevendo livros apenas, acredito que minha criatividade surja do cotidiano e não de ficar em frente ao computador. Então, por amar química e letras decidi cursar Farmácia, amo química orgânica <3; nesse ano me formo como técnica em química e pretendo atuar na área até conseguir um diploma da faculdade. ;)

5. O que te fez querer ser escritora?

Poder contar histórias. Acho que me dou melhor com as palavras escritas do que me expressando verbalmente.

6. Você tem alguma mania quando esta escrevendo? Usa alguma técnica toda vez que vai escrever um livro?

Tenho que estar com um dicionário e um dicionário de sinônimos ligados no notebook quando vou escrever e de preferência sem o celular ao lado. Minha técnica se consiste no meu caderninho que possui toda a história anotada pra eu não me perder.

7. Eu sou colecionadora de livros, canecas e bibelôs, vejo que alguns amigos leitores também tem suas coleções. E você também coleciona alguma coisa?

Teve uma época que eu era (ainda sou) bem fã de Jogos Vorazes, então eu tenho tudo, desde os livros, até CD e o broche do tordo, os três com os símbolos em posições diferentes. Agora, coleciono somente marcadores, por falta de tempo mesmo.

8. Quais as dificuldades em ser um escritor hoje no Brasil?

No meu ponto de vista, existem muitos deles no Brasil, então é um mercado competitivo e alguns que escrevem histórias um tanto ruins acabam ofuscando outras. Os livros estrangeiros também contribuem pra que os autores novos não se destaquem tanto; no geral é isso.

9. Sempre que leio um livro fico pensando será que é baseado na vida dessa autora? Será que o personagem é inspirado nela, ou em um amigo, parente? Me conta, tem algum livro seu que é baseado em sua vida e suas histórias? Ou baseado na vida de algum conhecido?

Não, meu livro é tudo ficção mesmo!

10. Qual seu maior sonho hoje?

Passar no vestibular da USP. (risos) Falando sério, sempre tive um sonho de algum livro meu ser traduzido pra várias línguas; até agora meu livro chegou em solo peruano, isso é um começo, né?

11. Para finalizar, discorra um pouquinho de seu livro publicado, e se já tem próximas publicações.

Meu livro é sobre alienígenas (um tema que particularmente adoro e acredito veemente), ele é o primeiro de uma série e se passa no Planeta Terra, os demais se passarão em planetas fictícios e conta a história de uma família que pretende salvar o seu próprio planeta, mas com uma polícia galáctica e uma parente distante que já devia estar morta atormentando e ameaçando a segurança, a personagem principal irá descobrir sua verdadeira história e porque é ela a responsável do seu próprio planeta estar morrendo.
Em suma, essa é a minha primeira saga de estreia, tenho mais dois projetos que estão pra se iniciar assim que essa fase conturbada da minha vida passar. Por enquanto, se tudo melhorar consigo publicar o segundo volume da série no segundo semestre de 2017; a história está pronta, porém preciso vender mais alguns do primeiro. Sou uma escritora totalmente iniciante e faz um pouco mais de seis meses que publiquei meu primeiro livro, não tenho grandes experiências ainda (risos).

A nossa autora quis deixar um recadinho para mim e para você.

video

Contatos da autora:
Facebook / Fanpage / Instagram / Email: ribeiro.jess@hotmail.com

Para compra o livro autografado direto com a autora, é através do inbox no Facebook ou por e-mail, ou você pode comprar direto na Saraiva, livraria Cultura ou com a Editora Coerência que sempre tem promoções maravilhosa.

Agradeço mais uma vez a atenção de responder as nossas curiosidades

Eu que agradeço! Foi um prazer <3



Beijos Nane

17 de março de 2017

Primeiras impressões: Ritimo Perfeito


Livro: Ritmo perfeito
Autor: Roberto Junior

Sinopse: Lara está prestes a sair do ensino médio e, diferente da maior parte dos colegas, não pensa na faculdade, só tem certeza de uma coisa: será uma grande estrela da música. Sua vida (quase) pacata começa a mudar quando Samuel Evans, o bonitão do colégio que, além de tudo, é músico, inicia uma amigável aproximação. Ela só não imagina que a súbita proximidade de Sam tem a ver com uma aposta firmada entre ele, Sophia e Juliano — a patricinha e o valentão do colégio. Ela vê seu sonho se tornar mais próximo quando surge o Ritmo Perfeito, concurso musical do seu colégio. Mas, para isso, precisa convencer seu pai de que seus sonhos valem a pena, se tornar mais sociável e ajudar seus únicos dois amigos com seus problemas pessoais e, sobretudo, se entender de uma vez por todas com Samuel Evans.

Resenha

O livro começa com uma garota contando que está indo até o garoto, por quem ela está apaixonada, e o encontra tocando, quando ela a vê, diz não estar esperando por ela.

Essa foi a parte que mais me deixou intrigada, e com vontade de continuar lendo o livro, para saber o que está acontecendo? aonde ela está? quem é ele? Mas então o mistério continua, porque no próximo capítulo começa a história. Esse primeiro capítulo é aquele tipo que conta uma parte lá do meio ou do final da história, para te envolver e te fazer ler o livro todo desesperadamente, rs.

Os próximos capítulos são contados em primeira pessoa, intercalados por, Laura e Sam. Ambos são alunos do mesmo colégio, mas são de "grupos" separados.

Até a parte que eu li, não tem muitas surpresas, e com essas poucas páginas, não consegui saber o que vai acontecer. Mas acho que foi só o comecinho da história.

Quem gosta de romances, adolescentes, como eu, pode embarcar nessa história, ela promete. Ah, e fala de música, adoro romances musicais, e nesse tem até concurso, muito romance e muita confusão, rs.

Se você como eu já está querendo esse livro, corra, pois já está em pré-venda. e você ainda ganha brindes. A capa é maravilhosa, já preciso ter ele na minha estante, rs, e a diagramação também está ficando linda.

Clique aqui e compre na pré-venda com frete grátis e brinde
Skoob Ritmo perfeito



Biografia: Roberto Junior nasceu no dia 02 de fevereiro de 1998, em São Paulo, capital. Porém, com apenas um ano de idade, mudou-se com a família para Cícero Dantas, cidade do interior baiano, onde mora desde então. Aos doze anos começou a estudar clarinete, e hoje em dia toca na filarmônica de sua cidade. Ele adora inventar histórias, principalmente sobre adolescentes que sonham, e amam, e brincam, e erram, e acertam... Está sempre com a cabeça nas nuvens, imaginando coisas que, quase sempre, não interessam. Se não está lendo, está assistindo algum seriado. Com quinze anos, escreveu seu primeiro livro, um drama intitulado “O tempo não apaga”, publicado pela editora Multifoco. Depois escreveu “Oculto”, um romance policial. Então percebeu que queria mesmo era falar com os jovens e adolescentes sobre coisas que ele conhece bem. Assim surgiu “Ritmo Perfeito”, um romance infanto-juvenil que virou seu xodó. Roberto (mais chamado por Júnior) concluiu o ensino médio em 2015 e está cursando Letras. 

Contatos do autor:


Contatos Editora Coerência:
Facebook / Instagram / Site / Youtube  

Beijos Nane

15 de março de 2017

Resenha: Hunter - Kate Willians

Resenha: Hunter - Kate Willians

Livro: Hunter O caçador de monstros
Autora: Kate Willians
Editora: Coerência
Ano: 2016
Páginas: 286

Sinopse: Não existem heróis, tampouco vilões.
O ser humano é uma criatura mestiça, dividida entre os dois termos.
Por trás de atos raivosos e atrocidades tenebrosas, há sempre uma verdade triste. Ninguém consegue mascarar a maldade que há dentro de si, por muito tempo. Por mais que você seja uma pessoa pura e de coração bom, poderá ser corrompido pelo rancor, amargura e inveja, caso não saiba guardar os próprios pensamentos. Hunter, O caçador de monstros, conta a história de Nicholas Blanco - um adolescente comum, com objetivos comuns e aparência mais comum ainda - que se depara com uma verdade surpreendente sobre seu passado e a confirmação de que pode ser e fazer muito mais do que o que sempre imaginou para o seu futuro. Conta também a história de Ramon Blake, um jovem caçador no passado, que teve o amor de sua vida brutalmente arrancado de si e se deixou dominar pela dor e pelo ódio. Essa é uma história sobre caçadores que descobrem ser tão ou mais horríveis que as próprias criaturas que caçam. Afinal, o que acontece quando você deixa que os sentimentos ruins tomem conta de você?


Resenha: Hunter - Kate Willians
Resenha:

"Não somos os mocinhos. Também não somos os bandidos. Podem nos chamar de... Anti-heróis."

Quando você pensa que a Kate não irá mais te surpreender, você se engana, rs. Eu super sou fã do trabalho da Kate, primeiro porque gosto dela como pessoa, que é maravilhosa, trata todos com muito carinho, e depois pela sua versatilidade em escrever. Kate escreve vários subgêneros, romance, fantasia, distopia e terror, em todos ela arrasa.

Sobre Hunter o que tenho a dizer é que se você gosta de morte, monstros, lutas, tripas, sangue e afins, esse é o livro certo.

"- Por que, simplesmente, não resolvem aceitar o que lhes foi dado? Cada uma das três famílias foi presenteada com um dom, e tudo o que vocês precisam fazer é trabalhar juntos para que os três mundos possam viver em harmonia. Por que então, tanta obsessão em obter mais? Por que não se contentam com o que têm?"

Resenha: Hunter - Kate Willians

Hunter é um livro que conta a história dos caçadores de monstros de Santa Fé. Existem três famílias de caçadores e em cada uma os membros tem um dom diferente, que juntos se completam. Há anos eles caçam e matam os monstros, sereias, lobisomens, vampiros, entre outros.

O que Ramon Black planeja é se vingar do que o fizeram quando ainda era só um garoto apaixonado, pena que pela pessoa errada. Seu poder de caçador é limitado ao dom de sua família, mas ele sabe o que precisa fazer para ter os três poderes só para ele. Matar um caçador de cada clã.

Resenha: Hunter - Kate Willians"- Sacrifício. Esta é a resposta de que precisa. Três iniciandos, um de cada clã, nascidos no mesmo ano, devem ser brutalmente sacrificados na última lua cheia de outubro, quando a linha entre os três mundos é tênue e as criaturas da noite atingem seu ápice. O responsável pelo feito, o que derramar o sangue dos três inocentes, se tornará o grande senhor dos caçadores."

Em via de regra os caçadores seriam os heróis desta história, porém com o decorrer da leitura vamos percebendo que talvez eles não sejam tão bons assim, que o modo deles de pensar e agir não seja tão heroico.

Nicholas Blanco, não é um cara popular, não é o bonitão da escola, nem o bad boy, algumas pessoas se quer falam com ele, seus únicos amigos são os irmão Jason e Sara, por quem ele está apaixonado, mas ela não sabe. Então quando Jason o chama para ajudá-lo a encontrar seu pai, ele aceita imediatamente. Quem sabe sua vida fique mais emocionante e feliz.

Resenha: Hunter - Kate Willians

Juntos embarcam nessa busca, porém não sai como o planejado, e eles acabam descobrindo os caçadores de monstros.

Nesta história tem muitos personagens, e aos poucos você vai conhecendo cada um, e entendendo tudo o que está por trás da atual realidade. A história é contada em terceira pessoa então conhecemos todos os personagens, e em primeira pessoa por Nicholas. São intercaladas cenas do passado e do presente, para podermos entender o que aconteceu antes para chegar no ponto que chegou.

Resenha: Hunter - Kate Willians
"Ninguém poderia impedi-lo. Uma vez ele fora um garoto bom. Mas roubaram toda sua luz, esmagaram o seu coração e comeram as migalhas. Agora não existia mais nada de bonito nele. Não sentiria pena. Não hesitaria."

Alguns personagens se transformam em monstros por causa do ódio e do rancor, que agora habita um coração que antes era tão bom e apaixonado. Outros se corrompem pela ganância, e talvez nunca tenham sido mesmo pessoas boas.

Quem são os verdadeiros monstros dessa história? 

O que eu vi, é que não temos muitos mocinhos e donzelas neste livro, na verdade não tem nenhum rs. Se prepare para encontrar muitos vilões.

O livro foi publicado pela Editora Coerência e eu fiquei apaixonada pela diagramação, cheio de detalhes e desenhos, o livro ficou lindo.

Resenha: Hunter - Kate Willians

Contatos da autora:
Facebook / Instagram / Youtube / Snapchat: katewillians / Twitter: @DrunkCulture


Editora Coerência:

Facebook / Instagram / Site / Youtube  

Ah não esqueça de deixar um recadinho contando o que achou da resenha, e se já leu o livro conta sua experiência.

Beijos Nane

13 de março de 2017

Primeiras impressões: Seven days - Isabelle Dutra Bissoli

Primeiras impressões: Seven days - Isabelle Dutra Bissoli

Onde estou?
O que tenho que fazer?
E o mais importante: Quem eu sou?
Gostaria de me apresentar mas não vai ser possível, já que não tenho memória alguma… Tudo o que sei é que em uma bela péssima noite eu acordei em um local chamado Seven Days, com mais seis jovens, onde recebemos a notícia de que estávamos mortos.
Disseram-nos que isso não seria o fim: um de nós sete teria a chance idiota de continuar a vida como espírito, mas para isso teria que ser o primeiro a resgatar sete almas penadas em sete dias. A melhor parte disso tudo, no entanto, é que a cada alma capturada, um pedaço da nossa memória irá voltar.
E para piorar eu ando tendo sonhos com uma garota chamada Rose, que já esteve aqui antes. Agora apresento a vocês a informação que mais faz sentindo: Eu estou enlouquecendo. Alguém ainda consegue me ouv

 Primeiras impressões: Seven days - Isabelle Dutra Bissoli



Resenha:

Hoje vim contar o que achei das primeiras páginas do livro Seven Days. E já vou começar dizendo que preciso muito ler o livro todo, porque estou desesperada para saber o que vai acontecer. Só com os primeiros capítulos já me deu gostinho de que vem coisa boa por ai.

Rose se mata por não conseguir fazer seu namorado, o amor de sua vida, parar. Ele quer matar pessoas, e já não é mais o mesmo garoto puro e de alma boa por quem ela se apaixonou, pena que sua morte foi em vão.

Primeiras impressões: Seven days - Isabelle Dutra BissoliApós essa cena, o livro começa a ser contado em primeira pessoa, por uma garota que está dentro de um ônibus, que sofre um acidente, ela apaga, e em seguida está dentro de um avião, que está caindo, depois em uma jangada naufragando, depois cavalos passam por cima dela e ela não morre. Ela acha que está sonhando mas será que está mesmo?

"Isso é só um sonho, digo a mim. Nada pode me ferir. Eu controlo o rumo da minha vida. E quando eu abrir os meus olhos, estarei em um lugar seguro."

Então, ela acorda em um lugar estranho, com pessoas estranhas, porém conhecidas a seus olhos, e para piorar ela não lembra seu próprio nome. 

Bom é isso o que tenho para contar, ficou curioso? eu também rs. Quero muito ler esse livro e saber tudo o que acontece, qual o mistério por trás dessas primeiras páginas.

"Medo do que virá quando eu me erguer  pois às vezes, tudo que queremos é ficar quietos no casulo de proteção que nós mesmos criamos. Mas infelizmente isso é impossível, pois uma hora o refúgio se rompe e nós precisamos sair para ver se nos transformamos em uma linda borboleta... ou continuamos como míseras lagartas."

A autora escreve muito bem, a leitura corre rapidamente e envolvente, você quer devorar a próxima página, para saber o que está acontecendo.

Aproveite para adquirir o em pré-venda e garanta o seu.

Clique aqui e compre Seven Days com frete grátis e brinde

Primeiras impressões: Seven days - Isabelle Dutra Bissoli

Primeiras impressões: Seven days - Isabelle Dutra Bissoli
Biografia: Isabelle Dutra Bissoli tem 17 anos, mora em Guarulhos com seus pais e três irmãos, onde cursa o Técnico de Administração e Secretariado EAD pela ETEC. Seu maior hobby sempre foi ler e por isso desde do início soube que seria escritora. Sua primeira publicação foi em uma antologia quando tinha 15 anos e depois disso já participou de outras sete. No seu tempo livre publica em seu blog chamado Claro... Só que não e no seu canal Isabelle Bissoli onde conta sobre sua vida, dá dicas de comportamento, relata como é a sua carreira literária e muito mais. Isso contribuiu para que fosse selecionada para a Galera Capricho em sua versão 2016/2017. Atualmente está em busca de realizar todos os seus sonhos, que acreditem, não são poucos!

Contatos da autora:

Siga a Editora Coerência em suas redes sociais, para não perder nenhum lançamento:
Facebook / Instagram / Site / Youtube  

Beijos Nane

9 de março de 2017

Música: Trem bala - Ana Vilela


Em uma segunda-feira de manhã, indo trabalhar, escutei essa música. Ela me trouxe a memória todas as pessoas que são importantes para mim, minha família, meus amigos e meu amor.

Pessoas que dão cor a minha vida, que são essenciais, amigos que mesmo longe, eu sei que posso contar a qualquer momento, e eles também sabem que estou lá quando precisaram.

Aquelas pessoas que você simplesmente se sente bem perto, mesmo no silêncio. Sentar e poder jogar conversa fora, lembrar de tudo que já viveram juntos, e poder aproveitar tudo que está por vir.

Minha família
Música: Trem bala
Autora: Ana Vilela

Não é sobre ter
Todas as pessoas do mundo pra si
É sobre saber que em algum lugar
Alguém zela por ti
É sobre cantar e poder escutar
Mais do que a própria voz
É sobre dançar na chuva de vida
Que cai sobre nós

É saber se sentir infinito
Num universo tão vasto e bonito
É saber sonhar
E, então, fazer valer a pena cada verso
Daquele poema sobre acreditar

Não é sobre chegar no topo do mundo
E saber que venceu
É sobre escalar e sentir
Que o caminho te fortaleceu
É sobre ser abrigo
E também ter morada em outros corações
E assim ter amigos contigo
Em todas as situações

A gente não pode ter tudo
Qual seria a graça do mundo se fosse assim?
Por isso, eu prefiro sorrisos
E os presentes que a vida trouxe
Pra perto de mim

Não é sobre tudo que o seu dinheiro
É capaz de comprar
E sim sobre cada momento
Sorriso a se compartilhar
Também não é sobre correr
Contra o tempo pra ter sempre mais
Porque quando menos se espera
A vida já ficou pra trás

Segura teu filho no colo
Sorria e abraça seus pais
Enquanto estão aqui
Que a vida é trem-bala, parceiro
E a gente é só passageiro prestes a partir

Laiá, laiá, laiá, laiá, laiá
Laiá, laiá, laiá, laiá, laiá

Segura teu filho no colo
Sorria e abraça teus pais
Enquanto estão aqui
Que a vida é trem-bala, parceiro
E a gente é só passageiro prestes a partir

Meu sobrinho

Namorado
Só coloquei fotos aqui da minha família, meu sobrinho que sou apaixonada, e meu namorado, os amigos guardo no meu coração, e eles sabem quem são.


Espero que tenham gostado da música e de conhecer as pessoas que são especiais na minha vida. E você pensa sobre isso? Viver a vida mais leve e dar valor as pessoas que estão ao seu redor?

Beijos Nane

7 de março de 2017

De frente com a Nane

de frente com a nane

Sim, esse nome foi inspirado no programa "De frente com Gabi", aqui será mais ou menos no mesmo estilo, só que serão entrevista com autores por escrito, e eu gostei da ideia do nome, espero que você também tenha gostado.

De frente com a Nane, foi criado para que os autores respondam as minhas e as suas duvidas.

Fiz uma seleção de perguntas que acho que são minhas maiores curiosidades sobre os autores, espero que sejam as suas também.

As entrevistas serão lançadas todas as segundas-feiras, vou tentar lançar uma por semana, a principio serão autores brasileiros, e vou entrevistar todos os parceiros do blog.

Mas se tiver algum autor que não é parceiro do blog, mas que você quer muito que eu faça a entrevista, coloque aqui nos comentários, que farei de tudo para conseguir, quer dizer quase tudo, rs. Também não posso ser presa por perseguição né. rs

Espero muito que gostem das entrevistas, foi projetado com muito carinho, comentem, curtam, divulguem, mostrem para os amigos, família, cachorros e gatos, rs

Beijos Nane

Parceiros do Blog

Parceiros do Blog

Montei esse espaço, para divulgar os autores e suas obras.

Eu sou fã de autor brasileiro, acho que já perceberam né rs, 90% das minhas resenhas e indicações são de autores do nosso país, sabe por que? Porque vejo que muitos leitores sequer conhecem os autores e seus livros publicados, alguns não dão chances para esses livros, porque tem os pré-conceitos lá de quando estavam no colégio e tinham que ler livros que mal entendiam.

As Editoras acabam dando mais espaço para os estrangeiros, afinal é sinônimo de sucesso, pois se já é bestseller lá fora, aqui vai vender muito. E assim os autores nacionais precisam lutar todos os dias para ganhar o seu espaço, mais que merecido.

Mas aqui, no nosso país, segundo pesquisas, o brasileiro lê muito pouco, salvo engano de 4 a 8 livros por ano. É, acho que não entrevistaram a gente né rs.

Então é para isso que temos esse espaço, para que você possa aumentar mais um pouquinho a sua lista de desejos.

Você autor que quer ser meu amigo e parceiro, mande um e-mail para arieleuterio@hotmail.com. Vou amar ter você aqui nesses espaço, e resenhar suas obras.

Beijos da Nane

Parceiros do Blog

Lista de autores amigos/parceiros

Lista de editoras parceiras

Drago Editorial
Geek Beaver Editora